Testemunhos

A Virgem aparece no meio das pedras

Gabriel Paulino
Escrito por Gabriel Paulino em 20 de fevereiro de 2014

Testemunho de nossa peregrina Gloria Cavalcante

GospaDepois de passar um mês do retorno da Peregrinação (peregrinação Medjugorje Brasil outubro/2010) à Medjugorje, consegui escrever as reflexões sobre o único lugar do mundo onde a terra cheira diferente, o ar é mais fresco, o céu é mais claro e a igreja se prostra sem pressa diante de Cristo vivo na hóstia.

Nós cristãos por todo o mundo estamos sempre a chorar. Somos os cristãos do choro. E Jesus, pelo contrário é alegria. Estamos vivendo a primavera da Misericórdia. Mas antes da Misericórdia Jesus passou pela prova de fogo: O Calvário.

A verdadeira Paixão do Senhor não está em um filme ou documentário, mas é uma graça para nós cristãos. Essa graça é ir de encontro ao mundo,onde os cristãos são uma minoria e então temos que nos perguntar:

Como é possível que a Igreja tão poderosa, hoje, no mundo e com um numero tão pequeno de cristãos?? Temos uma mão cheia de homens de fé dispersos pelo mundo. Talvez o mundo tenha se esquecido do quanto custamos ao Senhor, para que fossemos salvos.

Então qual é o problema de hoje??? De onde vem Fátima,Paris e hoje Medjugorje???

Do desejo de Deus, de falar com os homens . Eles, os homens, se esqueceram da tragédia de amor do Senhor,que está pronto agora mesmo, para salvar a mim e a ti.

Esta é a mensagem que passa através das Aparições de nossa Senhora. Nossa Mãe vem falar em nome de Jesus. Não vem sozinha e não vem só pedir-nos para rezar. Mas conta-nos, adverte, ensina, chama, fala conosco.

Em Medjugorje, já se passaram 30 anos. Ela nos ajudou a crescer nesta mentalidade de Deus. E qual é a mentalidade de Deus???

È viver na santidade. Hoje o mundo não quer saber de santidade. Não quer ouvir falar de Deus. O homem continua a pensar assim: Eu posso fazer tudo sozinho, eu comando, eu sou tudo, eu, eu, eu.

É uma historia antiga, porque o homem quando é tentado pelo demônio diz sempre as mesmas coisas: mulher, poder e dinheiro e atualmente homossexualidade. Mas hoje estas tentações, começam a sofrer os golpes, depois de tantas Aparições de Nossa Senhora.

Há tantos jovens no mundo que estão descobrindo o Senhor, como Deus,como Homem,como Pessoa.

Na fila da confissão em Medjugorje, conversei com 6 jovens da Espanha. E no momento da conversa eu não tinha como avaliar o quanto a Virgem estava me mostrando um raiar de um mundo novo. Ficamos amigos, trocamos informações e logo me disseram que eles foram a Medjugorje a passeio, por curiosidade,mas ao chegar ,sentiram desejo de se confessar, após 6 ou 8 anos de distância da confissão.Sentiram o desejo de rezar o terço. Me contaram, rindo de si próprios, que chegaram de mochila nas costas e um desejo de aventura e que voltariam para casa com Deus no coração e já programando voltar ,no próximo semestre.Quando falei que era do Brasil, ficaram com vergonha, porque a Espanha é tão perto. Ficaram admirados das 16 horas de vôo, que os brasileiros enfrentam para ir ali. Foram tocados.

Mas ainda temos um problema quando voltamos de Medjugorje. Temos que convencer a Igreja que Jesus é o dono da Igreja, o Dono não é um qualquer e portanto o Patrão deve estar no centro da igreja. Isto é um problema, hoje é um problema. Estão colocando Jesus Eucarístico no barracão dos fundos. Se Ele é o centro,porque colocar Jesus num canto da Igreja???. Na casa da Mãe, Jesus é sempre o centro de tudo.

E ainda, nós cristãos falamos de Deus, mas estamos sempre em guerra. Estamos divididos. O que nos falta??? Estamos prontos, mas somos infelizes. A Páscoa é celebrada em dias diferentes, nem entre os cristãos estamos de acordo. Então que estamos querendo ??

Se queremos encontrar Jesus, a única hipótese é ir diretamente à Mãe, a sua Mãe, porque Ela é o centro da vida cristã.

Quem conhece Nossa Senhora, conhece o coração profundo de Cristo, porque ninguém no mundo sofreu na alma e no coração,toda a Paixão de Jesus Cristo. Aquela paixão que se renova através dos Papas.

João Paulo II, o Papa do mistério de Maria, do segredo de Maria. Um Papa odiado no interior da Igreja.Um papa incômodo, um Papa estranho. Um Papa Mariano que ganhou o coração dos jovens.

Em Medjugorje , reunimo-nos em nome de nossa Mãe, porque Ela é a nossa grande Luz, nestas trevas terríveis:

A política faliu, a historia faliu a sociedade faliu, a família faliu. E o que é que ficou???

” As Mensagens de Nossa Senhora” que não faliram e ainda não se realizaram.

Estas Mensagens começaram na Rue du Bac, na França , depois em La Salete, depois em Lourdes, depois em Fátima e agora Medjugorje: Grande Mãe de todas as Aparições.

Começou a maior Era Mariana da história, porque a partir deste momento,Maria entra na história do ser humano de uma forma visível, palpável.

A Virgem está na colina das aparições, no Krizevac, na Igreja, na Cruz Azul em frente aos nossos olhos, no rosto dos videntes, nas ruas de Medjugorje, nos campos, nas nuvens, nos terços deixados nos galhos das arvores e até nas pedras.

Nas Aparições a Catarina de Labouré, nossa Mãe disse aparecendo com a serpente debaixo de seus pés:

“Agora começa a grande luta!!!” Ou nos convencemos disto, ou estamos perdendo tempo.

Em Medjugorje,ela nos avisa: “O que comecei em Fátima, termino em Medjugorje.”

Maria da Gloria Cavalcante
Goiania-Brasil

Salve Maria!

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado.