Testemunhos

Mamãe, eu nasci de novo em Medjugorje !

Gabriel Paulino
Escrito por Gabriel Paulino em 25 de fevereiro de 2014

RainhaMamãe, eu nasci de novo em Medjugorje !

Em 21 de setembro de 1989 entrei na igreja de Tihaljina com alguns peregrinos. Padre Jozo estava falando em italiano a um grupo misto de italianos e americanos. Em determinado momento convidou a uma senhora italiana a contar a sua experiência.
“Me chamo Franca e sou de Turim. Sou médica. Meu marido é farmacêutico. Ambos éramos ateus. Para nós, Deus não existia.
Estávamos de férias no sul da Iugoslávia. Um dia vimos na estrada um letreiro que dizia: MEDJUGORJE. O seguimos mecânicamente para passar o tempo, porque não tínhamos nenhuma meta fixa. Vimos a igreja e automaticamente entramos, eu por uma porta e meu marido por outra. Foi neste momento que nós recebemos a graça da conversão. Fomos nos confessar.
Temos dois filhos. Um deles era tóxico-dependente. Faziam três anos que não tínhamos notícias dele. Líamos os jornais para saber se ele tinha sido preso, ou cometido algum crime por causa da droga ou se tinha morrido. Naquele dia permanecemos em Medjugorje de 8 da manhã até as 9 da noite. Era 1 de novembro de 1985.
Quando retornamos para Turim, começamos uma vida nova. Não estava mais preocupada com o meu filho, porque sentia que Deus o estava guiando.

Em 8 de dezembro voltei até Medjugorje. Parei diante da casa da vidente Marija. Ela me convidou a entrar e me disse: “escreva em um papel o nome do seu filho.” Podem imaginar quantas expectativas eu tinha ao voltar para casa!
Mudei completamente a minha vida e meu marido fez o mesmo. Deixamos de lado o que antes nos interessava: roupas, diversão, tudo. Começamos a rezar e especialmente a viver a Missa.

Retornamos de Medjugorje para a Itália um ano depois, em 14 de dezembro de 1986. Neste dia, quando estávamos para sair de casa para rezar com um grupo de oração, abri a porta e vi o meu filho, que fazia quatro anos que não via !
Depois de um forte abraço, ele me disse que desde 8 de dezembro do ano anterior não consumia mais drogas. Imaginem a minha felicidade! Me lembrei em seguida que foi justamente neste dia que entreguei o seu nome nas mãos da vidente Marija. Ele, que também não acreditava em Deus achava que tinha ficado livre pela sua força de vontade.

Pouco tempo depois o meu marido descobriu um câncer na bexiga. Ofereceu esta cruz pela conversão deste nosso filho. Nós dois oferecemos os nossos sofrimentos e a nossa vida pela conversão de nosso filho.
Um ano antes outro filho nosso também se converteu vendo a grande mudança em nossas vidas.
Meu filho convertido trouxe seu irmão até Medjugorje fazem duas semanas e que aqui descobriu o Amor de Deus.

Quando voltou para casa me disse:
“Mamãe, eu nasci de novo em Medjugorje!”
Neste momento a senhora começou a chorar. Todos nós, muito comovidos a acompanhamos com um grande aplauso.

Traduzido do espanhol por Gabriel Paulino
Fonte: livro TESTIMONIOS SOBRE MEDJUGORJE – Mario Danelon – Edições BONUM – 2006

Salve Maria!

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado.