Minha conversão começou com um panfleto sobre Medjugorje

tonygargotta

PADRE TONY GARGOTTA: Eu acredito que fui chamado ao sacerdócio quando eu era jovem. Eu recebi o chamado no sexto ano secundário, mas especialmente a ouvi no ensino médio. Eu coloquei este cbamado de lado por muitas razões, incluindo muitas razões egoístas. Eu saí da escola, trabalhei e namorei por 15 anos e toda vez que o chamado ao sacerdócio retornava eu o ignorava. Embora eu tenha vivido uma vida cheia de oração e uma vida muito próxima ao Senhor,depois do ensino médio eu decidi não entrar no seminário e comecei a levar uma vida cheia de pecados.

Quando ambas minhas avós ficaram doentes, e uma delas estava morrendo. Eu estava dormindo no hospital com elas. Embora eu estivesse vivendo uma vida de pecados, eu também estava tentando fazer o bem ao mundo, misturado com o mal. Eu estava cuidando de algumas pessoas em circunstâncias extremas. Um dia eu estava voltando da igreja (eu ainda ia à Missa aos domingos, embora pecasse muito), eu vi um panfleto sobre Medjugorje. Eu o peguei e o li no hospital e ele me chamou a atenção fortemente. Eu li sobre as 5 principais mensagens (jejum, oração, leitura da biblia, confissão e eucaristia) e eu disse a mim mesmo que era assim que eu vivia quando fazia o ensino médio. O que aconteceu comigo ? Então eu decidi ir a missa todos os dias por uma semana, como eu fazia no ensino médio. No quarto dia eu fiquei “consciente” dos meus pecados. Eu estava doente. Eu me confessei e comecei a ir à Missa diariamente. Então eu passei a ir a missa todos os dias durante o ano inteiro desde maio de 1990, tendo faltado apenas duas ou três vezes.

Então eu fale com um amigo meu que estudou comigo no ensino médio em Pittsburgh.  Ele estava longe da igreja. Ele então me telefonou poucos dias depois e disse que tinha reservado um lugar para mim em uma viagem para Medjugorje com ele e com a maioria da sua família. Eu nunca planejei ir à Medjugorje, apenas viver as mensagens mas, pela Graça de Deus nós fomos. Foi incrível. Eu nunca poderia explicar tudo. Enquanto eu estava lá eu comecei a pensar no sacerdócio de um modo que eu nunca tinha pensado antes, embora, como eu já disse, tivesse pensado nisso muitas vezes. Quando eu retornei para Pittsburgh, eu ainda estava decidido a casar com minha namorada. Mas ela nunca aceitou as mensagens e a mudança da minha vida. Como eu cresci me aproximando de Deus e da minha paróquia, eu me distanciei da minha namorada até o dia em que eu fui a um sacerdote que eu conhecia e disse a ele sobre os meus pensamentos sobre me tornar sacerdote. Ele me ajudou no início do processo de discernimento e no término do relacionamento com minha namorada. Eu entrei para o seminário com a idade de 33 anos e em 26 de maio de 2001, com a idade de 38 anos, eu fui ordenado sacerdote pela diocese de Pittsburgh. Atualmente sirvo como pároco da igreja de Santa Bernardette em Moroneville, PA.

Traduzido do inglês por Gabriel Paulino – editor do Portal Medjugorje Brasil –www.medjugorjebrasil.com.br

Fonte: livro “I HAVE COME TO TELL THE WORLD THAT GOD EXISTS” – 2011

Comentários Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *